terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Acampando no carnaval


Uma tradição dos Adventistas do Sétimo Dia é acampar no carnaval, com o intuito de se retirar da cidade, se desconectar dessa festa toda, e relaxar em meio à natureza, buscando recarregar as energias para o ano e estudando e aprendendo mais sobre Deus.
São 4 dias totalmente desconectados do mundo, sem TV, internet e celular...comendo apenas comidas super saudáveis...e se divertindo com lazer simples, esportes, banhos de rio e altos papos com os amigos.
Eu amo tudo isso, me criei acampando, pois a minha vó era uma cozinheira famosa de acampamentos. Pra mim um dos melhores prazeres da vida é dormir numa barraca! (Entendam que dormir sobre um colchão de ar não traz esse prazer todo, a barraca que é a coisa mágica em si.) Mas quando virei mãe, vejam que contraditório, fiz uma pausa nos acampamentos e camporis. Pensava que era muito transtorno acampar 4 dias com os guris, mas graças a Deus (e só a Ele) esse absurdo saiu da minha mente, e hoje não perco um acampamento com eles. O Allan e o Pedro amam! O Allan chorou pra vir embora! Seguem as fotos...

Banho de rio! Coisa boa!
Brincando na corda!
Construindo uma casinha com galhos de árvores!
Fazendo comidinha de barro! O Pedro provou de verdade, hehehe!
Jogou muita bola com os amigos...
Papai jogou bastante também...
Esperando a hora do almoço...
Lindinho da mamy!
Nossos amigos que foram acampar com nós:
Germano, Mileni, Daniel e o Pastor Tapia!
A nossa barraca...
Papai desmontando a barraca! Momento triste...
Enfim, acampar é TUDO DE BOM! E quando bate saudade de acampamento, nós brincamos de acampar dentro de casa! E nesse ano pretendemos acampar bastante, pois a mamãe está montando um Clube de Aventureiros na igreja cheia de segundas intenções...

E que esse blog fique recheado de posts sobre acampamentos!

domingo, 26 de fevereiro de 2012

E o aniversário do Allan foi assim...




- Acordou com uma entrega especial do carteiro...

Quem será que mandou esse presente pelo correio???

Tinha que ser a tia Mileni!!! Obrigada, titia!!!!


- Fomos almoçar no shopping, conforme ele pediu, "comida italiana";

- À tarde não foi à aula, e fomos todos juntos passar a tarde no clube. Foi ótimo! Curtimos muito a piscina, os meninos jogaram futebol com o pai, brincaram no parquinho e brincaram de esconde-esconde com a mamãe;

Brincaram muito!! Se divertiram juntos!
Jogou futebol com o pai, que é a coisa que ele mais gosta de fazer no mundo!!!

- À noite fizemos uma comemoração só para nós. Agradecemos a Deus pelo aniversário do Allan. Enchemos balão e o Allan usou uma coroa de aniversariante que a mamãe fez (tradição, todos os anos o aniversariante usa uma coroa pra mostrar que o dia é todo dele). Cantamos parabéns, comemos uma jantinha leve e saudável e depois comemos um pedacinho do bolo de aniversário que a mãe fez e o Allan enfeitou. (Não sei se o bolo tá virando uma tradição também...o Allan diz que não gosta de bolos de aniversários e pede sempre pra eu fazer uma nega maluca e ele gosta de enfeitar do jeitinho dele...Acho que ele gosta do significado do bolo feito por nós, do preparativo juntos...)


A emoção dele ao ver o cartão que fiz!!
Ele adora coisas feitas à mão...

Ficou se sentindo com a coroa...
E era pra se sentir mesmo, pois o dia era só dele!
Lindo! Você sempre será o meu pequeno príncipe!

- No domingo levamos ele e alguns amigos pra comemorar no shopping. Brincaram muito nos brinquedos do Play, correram pelo shopping até suar, e depois comeram um lanchinho. O Allan se divertiu pra caramba e disse que foi o melhor aniversário (otimista, como sempre!).

Brincando no play...(impossível fotografar todas as crianças na mesma foto!)
A tropa!!
Queridos!!!

Ele ficou super feliz com algo tão simples e improvisado, que até tenho receio de fazer uma festa legal no ano que vem e ele deixar de valorizar essas coisas pequenas. Porque cada ano eles querem mais e mais, né? Num ano ganhou o Wii e no outro uma viagem ao Beto Carrero, vai chegar uma hora que eu não vou ter mais nada a oferecer...

Ainda me alegro ao ver ele super contente com um passeio com os amigos, curtir brincar de pega-pega e comemorar com uma nega maluca e uma coroa de papel! Fase boa essa... Até quando?? Vamos esperar e ver!!

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Aulas voltando, filho e mãe chorando...


Hoje as aulas do Allan retornaram. Ele passou para o 2º ano. Nossa, como o tempo voou!

Meu filho já sabe ler, já sabe somar, subtrair e multiplicar - e faz isso o tempo todo no dia a dia, acreditem! Ele ganhou uma bíblia "de adulto" da vó dele e lê um capítulo por dia. Ele ganha mesada e paga as suas coisas com seu dinheiro, fazendo cálculos mentais rapidinho pra efetivar seus pagamentos. Ele já tem noção de quanto é 1 Km e fica calculando o espaço durante as nossas viagens... Também calcula os metros em nossas caminhadas... Enfim, meu guri é superdotado, quase um Albert Einstein! Huahuahua (corujisse mode on).

Hoje levamos ele pra escola. Que dó!! Depois de 77 dias de férias ele sofreu pra voltar à rotina. Chorou ontem à noite antes de dormir. Fomos dormir tarde depois de uma festinha na casa de um amigo, e quem disse que levantamos às 7 horas, como o combinado? Levantamos às 9, e fomos correndo comprar o material escolar (já que nesses 77 dias de férias aproveitamos tanto que não sobrou espaço pra comprar o material). Compramos tudo às pressas, por um milagre conseguimos encontrar TUDO na mesma papelaria, só faltou os gibis, que vamos comprar à noite, na banca. Ele escolheu seus lápis de escrever e suas borrachas de apagar, e agora está pronto para escrever a sua história e apagar seus erros em 2012! (Não resisti ao clichê!)

Papai pulou de alegria ao ver que o material todo (tirando os livros didáticos) custou só R$103,00. Que escola econômica, minha gente! Ou será que ele vai só copiar e copiar nesse ano? Cadê massinha de modelar, professora? Não precisa mais não?? -Suspiro-

Chegamos em casa às 11 horas e a mamãe Nádia aqui enlouqueceu etiquetando as parafernalhas todas, morrendo de medo de atrasar o almoço e atrasar o moço no primeiro dia de aula! Mas que trabalhão danado etiquetar os lápis um por um!!! No meio do caminho o papai foi ajudar... Almoçamos, o garoto vestiu o uniforme, se penteou e se perfumou todo (ai ai ai...), e lá fomos nós, a família completa, levar o moleque pra escola!

Chegando lá o Pedro teve um ataque pedindo pra ficar na escola também. Mamãe conheceu a professora nova e achou ela um amor de pessoa! Que coisa querida e simpática essa prof. Maria Luiza! Fomos conhecer a sala nova e no meio do caminho acontece algo inesperado: lágrimas rolam pelo rosto dessa pobre mãe, que tenta disfarçar e pensa "mas que raios, você já passou por isso tantas vezes Nádia, contenha-se! O guri já está grande!" Chegamos na sala, o Allan sentou ao lado de um amiguinho, reconheceu seus colegas do ano passado e ficou feliz da vida. A profe obriga os pais grudentos a sairem da sala pra ela poder começar a aula, e mais uma vez quase chorei ao dar tchau pro meu filho e entregá-lo às mãos da MaLu por todo esse ano.
Tantas coisas passam por minha cabeça, como "que droga, por quê ele foi crescer???" e "eu vou segurar o Pedro comigo em casa o quanto eu puder" e "vou providenciar um terceiro filho logo pra eu continuar tendo bebês dependentes"...e logo já estava pensando bobagens como "será que vem menina dessa vez?" "vou procurar um ginecologista pra tirar esse DIU" e "ai seria tão legal dar mamá de novo"... Fui viajando na maionese até chegar em casa. E aqui estou, planejando uma jantinha especial pra esperar o estudante do 2º ano chegar!


Allan com 3 aninhos e sua primeira professora, a Beth:
Allan todo faceirinho indo pra escola enquanto a mamãe fazia a faculdade:
Ai que saudade do tempo da massinha de modelar, da tinta e da brinquedoteca!

Meu filho, eu te amo tanto!!!
Querido Jesus, faça meus filhos crescerem devagar, por favor. Amém.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...