quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Por favor, não cresçam tão rápido!

Eu ia vir aqui, mostrar as fotos dos meninos no 1º dia de aula na escola nova, e contar como estão as coisas por aqui. Mas quando eu baixei as fotos da câmera me deparei com as poses e caras lindas que meus filhos fizeram nas fotos, e aí mil coisas passaram em minha mente...E o tema do post teve que mudar.
No mesmo momento em que comecei a editar essas fotos no photoshop, uma música perfeita pro momento começou a tocar no meu Grooveshark: Hourglass, da Mindy Gledhill. Vou colocar a tradução dela aqui pra vocês entenderam o nó que estou sentindo na garganta nesse momento:


"Ampulheta"

Menininho, quando você fala
eu não posso evitar beijar o seu rosto!
Eu amo o jeito que você pega as minhas mãos
e me conta tudo sobre os seus planos...

Foguete alto, cometas voando...
você e eu podíamos fazer um passeio
e voar para a terra do nunca
e dar o nosso melhor para o Peter Pan!

Quando você tocar as estrelas
Não esqueça quem você é
E por favor, não vire-se e cresça tão rápido!

Ver a areia em minhas mãos...
do primeiro ao último, cada grão torna-se uma memória do passado
Oh, a vida é uma ampulheta
A vida é uma ampulheta...

História é lida, oração é feita...
feche os olhos meu dorminhoco,
enquanto os anjos permanecem em seus sonhos
e seguram você em suas asas felpudas

Assim como você, eu era pequeno
não há muito tempo atrás...
Desejo à você toda a felicidade
que Deus dá gratuitamente se você pedir

Quando você tocar as estrelas
Não esqueça quem você é
E por favor, não vire-se e cresça tão rápido!

Ver a areia em minhas mãos...
do primeiro ao último, cada grão torna-se uma memória do passado
Oh, a vida é uma ampulheta
A vida é uma ampulheta...



A vida é uma ampulheta mesmo...cada segundo é um grão de areia que se vai, e não volta mais, a não ser em nossas memórias...
Meus filhos estão crescendo tão rápido! O Allan já sabe ler e o Pedro já sabe falar tudo o que vem à sua mente...
Hoje de manhã eu tinha muita coisa pra fazer aqui em casa, mas eu vi os raios quentinhos de sol e decidi deixar tudo de lado pra ir à praça brincar com os meninos. Essa foi uma das melhores decisões da minha vida. Nada poderia ter sido melhor do que correr junto com eles, empurrá-los no balanço e ver os dois descendo a ladeira de bicicleta, com aquelas carinhas de felicidade!
Sim, hoje em dia, descer uma ladeira de bicicleta é motivo de muita alegria pra eles. Balançar forte no balanço é algo que tira muitas risadas daqueles rostinhos lindos. Mas até quando será assim? Até quando eles ficarão felizes com essas coisas pequenas? Até quando eu proporcionarei alegrias na vida deles?
Eles crescem rápido...o Allan já está ficando exigente e me cobra a todo o momento. Logo chegará a fase em que eu não serei mais TUDO na vida dele, e ele começará a reclamar e brigar comigo por pouca coisa. Aliás, eu já não sou mais TUDO na vida dele há muito tempo...ele foi pra uma escola nova, com mil alunos, e nem ficou encabulado dessa vez. Ele não precisou de mim pra passar por isso. Ele não quis que eu o levasse até a porta da sala, e ficou até bravo quando o beijei na frente dos colegas! Desde quando ele é assim? Até pouco tempo ele chorava por ficar longe, e preferia ficar comigo do que ir à escola! E desde quando ele deixou de ser tímido? Chegou na turma e já tá cheio de amigos, sem nem precisar de mim para isso...
Tudo bem Allan, eu ainda tenho um bebê que me quer...O Pedro chorou hoje quando eu o deixei na escola, tá bom pra ti? Eu cheguei na sala, e fui me retirando...o Pedrinho percebeu tudo e me convidou a sentar na cadeira ao seu lado. Ele estava todo sem jeito, tristinho por sua mamãe ter que ir embora...ele puxou minhas mãos e me mostrou aquela cadeira livre, e disse "senta aqui, mamãe". Eu disse "mamãe não vai sentar filho, mamãe vai pra casa" e então ele começou a chorar. A prof pegou ele no colo, e eu saí de lá com o coração na mão, morrendo de vontade de chorar também. Nisso vejo o papai lá fora, com um olhar de reprovação pra mim, dizendo "por que você demorou pra sair? Tem que largar ele e sair logo, sem ficar dando manha pra ele"...
Meus filhos estão crescendo...a vida é uma ampulheta...
Eu fico feliz por esse dia que se passou, pois aproveitei bem os momentos com meus meninos. Peguei muito o meu bebê no colo, beijei muito ele...e tentei pegar no colo e beijar o Allan também, mas ele fugiu de mim, e isso foi um momento bem agradável.
Fico feliz por ter ouvido o Pedro dizer "Eii que carrão!! Quero comprar esse carro" quando viu uma CRV na rua hoje. E por ter ouvido o Allan dizer "Eu não quero ter esse carro, Pedro. Quando eu crescer vou ter uma nave, que eu mesmo vou construir".
Fico feliz por ter assistido o desenho "Super Why" com eles, e ter ouvido o Allan dizer "eu sou o Super Why, porque eu sei ler tudo, e tu é aquela menina vestida de princesa, mãe". 
Fico feliz por ter ouvido o Allan dizer "obrigado por ter comprado morango hoje, mãe" e "que vitaminas tem no morango? Ele faz bem pra saúde? Ele me deixa mais rápido?"
A vida é uma ampulheta...
Os dias escorrem sob as nossas mãos...
Por favor, meus filhos, cresçam devagar!


 Desde quando o meu picorrucho usa uniforme e frequenta uma escola grande???


 Ei, onde vocês pensam que vão???
Fiquem em casa com a mamãe!!!

 E desde quando tu não gosta do meu colo mais, hein gurizinho?


 E como o meu bebê consegue carregar uma mochila tão pesada sozinho?





6 comentários:

  1. são lindos os seus filhos ...parabéns!
    E o seu blog é fofo!

    ResponderExcluir
  2. Tatiane mamãe gustavo!5 de agosto de 2011 09:28

    Oi Nadia tudo bem?
    Me chamo Tatiane tenho 23anos e um lindo menino de 3 o Gustavo e sou aqui de São Paulo...adoro seu blog e ler tudo o que você posta,vou ser sua seguidora rsrsrs..Tenho q te confessar que tbm ja estou passando por isto meu Gustavo de 3anos e 5 meses tbm ja esta muito independente,não quer mais dormi no meu colo,quando esta com sono vai sozinho pra caminha dele,quando deixou ele na escola me beija correndo e ja vai atras dos seus amiguinhos.tem horas que gostaria mesmo de parar o tempo pra que ele não crescesse tão depressa,mas temos que se acostumar ne..Bjus Nadia suas Familia e linda!!Tati mamãe do Gustavo!

    ResponderExcluir
  3. Poxa Nádia, ler o que vc escreveu com essa trilha sonora no fundo dá um nó na garganta, até eu fiquei com dó dos seus meninos crescerem! rs. Passa rápido demais mesmo, daqui a pouco já são moções. Por isso que é bom aproveitar cada minutinho, igual vc fez indo na praça com eles...

    Beijão nos 3!
    Ge

    ResponderExcluir
  4. Pessoal, vamos nos manisfestar. Uma blogueira muito cabeça aberta, hétero, com filhos, escreveu um post sobre casamento gay e educação dos filhos. Lá nos cometários, um monte de anônimos acabaram com um casal lésbico que se manifestou. O título do post é "Casa Sim, Ciça".k abaixo e vamos colocar nossa opinião sobre casamento gay:
    Vão lá no link
    http://fotocecilia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Lindo post Nádia!! Teus filhos estão muito lindos!Parabéns!!! É verdade os filhos crescem muito rápido,tem dias q olho pro Enzo e vejo como ele tá grande, já não é mais um baby, tenho saudads d qd ele era menor. Ele ainda é muito grudado comigo e tudo é a "mamãe",procuro curtir cada momento com ele pois sei q vão passar e logo ele vai estar grande!!
    Nádia, tudo d bom pra vcs nessa nova fase, na nova cidade, muitas bençaos d Deus!! Bjinhux

    ResponderExcluir
  6. é flor rss quando menos esperamos eles crescem =/ triste por um lado rss mais por outro o orgulho transborda né? eles estão lindíssimos
    bjocas

    ResponderExcluir

Os comentários são um meio de nos comunicarmos. Gosto muito de manter contato com os leitores e com os amigos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...