sexta-feira, 21 de maio de 2010

Cenas do cotidiano II

Cena 1:
Papai estranha que Sr. A está muito quieto e pergunta:
- O que tu tá fazendo Sr. A? Tá aprontando?
Nisso ele dá um pulo do quarto dele e responde com um sorriso maroto:
-Eu não, e tu??

...
Cena 2:
Mamãe tentando dar uma "injeção" de ânimo no seu filho que está com um machucado na testa, e anda chorando pelos cantos por estar com o rosto diferente, diz:
-Filho, você é lindo demais, sabia? Se eu fosse uma menina da tua escolinha ia me apaixonar por você, eu ia pensar "ah aquele Sr. A lindinho e quietinho que eu quero pra mim"!
Ele responde:
- Ah é? Eu também te quero pra mim, queria que tu fosse minha namorada!
Hehehe, êta complexo édipo hein!
...
Cena 3:
Sr. A conversando sobre como foi sua janta na escolinha, na terça-feira:
-Eu sempre deixo o que é bom pra depois. Eu como primeiro o que "eu aguento", tipo alface e tomate, aí a carne eu  deixo pra depois.
Mamãe pergunta:
- Ah, você come salada na escolinha então? Por que em casa você não come, hein? Viu como você gosta de salada!
- Eu não gosto de salada, mãe. Eu só aguento.
...
Por hoje é só, pessoal!
Mas vem mais por aí, tenho outras situações anotadas na minha agenda! Fiquem ligados!
Beijos especiais para minhas leitoras queridas que estão sempre comentando o blog, obrigada pelo carinho, vocês são muito queridas e estou adorando essa amizade virtual!
Beijos para todos!

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Sr. A caiu e se cortou!


Foi neste domingo o dia em que meu filho mais velho se cortou pela primeira vez. Estávamos numa festinha de aniversário, ele estava correndo e caiu no chão. Veio correndo, chorando, com sangue por todos os lados! Mas o corte na verdade era bem pequenininho, na testa. Levamos no pronto socorro, exatamente no mesmo lugar e na mesma maca que o levei no natal, quando teve  aquela reação alérgica (confiram aqui: http://mamaenadia.blogspot.com/2009/12/o-natal-que-terminou-no-pronto-socorro.html) e ele foi atendido e liberado em 5 minutos. Foi corajoso até, ficou quietinho e chorou apenas o aceitável para uma criança. Levou só um pontinho, o seu primeiro ponto! Tenho meus palpites que outros virão...já que a mamãe Nádia aqui se cortou 3 vezes quando era criança...acho que esses meus moleques vão aprontar muito ainda...
Eu não queria relatar essas coisas rotineiras nesse blog, mas considero que isso acabou sendo uma aventura para a mamãe Nádia e seus três meninos. Afinal quem se aventura sempre corre riscos e sofre alguns machucados...
Fotos:

PS: Seria bom se não ficasse uma cicatriz bem no meio desse rostinho lindo!!
Bjinhos!


segunda-feira, 17 de maio de 2010

Você vive com alguma esperança?



Neste sábado houve um acontecimento importante para os Adventistas do Sétimo Dia. Foi a realização do Impacto Esperança 2010, uma campanha missionária que visa levar um pouco de esperança nos lares de todas as pessoas da América Latina. Nesse dia todos os Adventistas foram às ruas, ao invés de irem à igreja, como de costume. Fomos nos lares das pessoas entregar revistas e livros que falam sobre um futuro melhor, para todos nós. Foram mais de 19 milhões de exemplares de revistas distribuídos, e 5,4 milhões de exemplares de livros. Aqui em casa nós fizemos a distribuição com o Clube de Aventureiros, distribuimos com as crianças 600 revistas naquele dia. As crianças distribuíram em supermercados, clínicas e num município que fica aqui perto. E pra eles aquele dia foi muito divertido. Estávamos juntos, entre amigos, trabalhando por Jesus!
O Sr. A estava numa empolgação só! Afinal, ele estava fazendo dupla com sua "amiga" Srta. S. E os dois se empolgaram tanto, queriam entregar mais e mais, e acabaram até tendo uma briguinha de casal no meio do serviço, hehehe! As mamães tiveram que separar as crianças, uma em cada lado da rua, pois eles brigavam pra ver quem entregava primeiro! Mas isso demonstra a empolgação que aquelas crianças estavam. Pra eles foi muito divertido bater nas portas e entregar revistas.
O Sr. A batia palminha pras pessoas saírem das casas, aí ele chamava elas e dizia assim:
- Oi, eu sou um aventureiro e vim te dar essa revista pra tu saber sobre Jesus.
Coisa querida!! As pessoas ficavam lá babando, tomara que tenham lido a revista que o menininho fofo entregou.
Confiram algumas fotos:

                                             

Sr. A esperando a pessoa vir atender:
Pra conhecer melhor sobre o projeto Impacto Esperança, acessem: http://www.esperanca.com.br/
Nesse site vocês encontrarão a revista que foi distribuída, em uma versão digital. Confiram, dediquem uns minutinhos para ler, ela foi preparada com muito carinho, é uma leitura muito boa que poderá ajudar nos seus problemas.
Agora quero saber de você, leitor: Você vive com alguma esperança? Você tem algo a alcançar pro seu futuro? Ou você vive a vida pensando somente no agora, no hoje e nada mais? As mamães que tem filhos, o que vocês planejam pra eles, que tipo de futuro?
Se você quer uma contribuição pros seus planos, leia a revista digital. Ou se você quer apenas aprender um pouco mais sobre saúde, sobre como aliviar o stress e como encontrar paz em meio à correria do dia a dia, acesse a revista também. Leia, vai valer a pena, afinal leitura não faz mal a ninguém. E essa, tenho certeza que vai contribuir muito com você!
Desejo para todos um futuro com esperança.
Com muito carinho, da Mamãe Nádia.

domingo, 16 de maio de 2010

Passeio: feira de cachorrinhos


Esses dias fizemos esse passeio, e os dois meninos curtiram muitooo! Porque o Sr. P adora "au au", fala isso o tempo todo...não pode ver um cachorro na rua que tem um ataque!! Então aquela visita à feira de cachorrinhos foi uma realização pro meu bebê!
Ficamos todos só sonhando em levar um pra casa...ou melhor, pro apartamento né...que é exatamente a causa da nossa frustração...se a gente morasse em uma casa com certeza teríamos uns dois cachorrões gigantes!
Eu amoooo cachorros, me apaixonei por aqueles filhotinhos, por mim levava todos!! Sr. A e Sr. P também ficaram querendo...a volta pra casa foi doloriiiida...
Confiram as fotos:










Beijos, ou melhor, lambidas pra vocês!

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Amor de irmãos- traduzido em um desenho do Sr. A

A cada dia que passa vou vendo o quanto meus filhos se dão bem. São carinhosos um com o outro, se cuidam mutuamente, se amam verdadeiramente. Falando assim parece que ninguém vai acreditar, mas é a pura verdade! Quem convive com nós também consegue ver isso, eles se relacionam muito bem. É claro que brigam às vezes, como já é esperado, mas é às vezes mesmo, não todo dia! A cena mais comum aqui em casa é ver os dois se abraçando, o Sr. A agarrando o irmão, pegando ele no colo...quando não é o Sr. P pulando por cima do irmão, se jogando pros braços dele...Tudo muito lindo de se ver! Fico feliz vendo como foi bom ter dado um irmão de presente pro Sr. A.
Esses dias eu estava numa aula, de orientação de estágio. A minha professora nessa disciplina é a diretora da escolinha do Sr. A, ele estuda na escola da universidade, pra deixar mais claro. E essa professora também é mãe de uma coleguinha do meu filho, então ela está sempre ligada com o que acontece na turma, tanto como diretora como mãe também. E em nossas reuniões do estágio ela fala muito no Sr. A, isso me deixa tão feliz, pois eu descubro coisas sobre o dia a dia dele, na escolinha, que eu nem imaginava. Esses dias ela me contou algo que encheu meus olhos de lágrimas, no meio da aula.
Ela disse que a professora da turma está trabalhando sobre o que é ser difente e o que é ser igual. Então ela conversou sobre o que é ser igual, e pediu que as crianças expressassem o que entendem sobre isso em um desenho. A minha professora ficou encantada com o desenho do Sr. A. Ele desenhou duas pessoas iguais. Então a professora dele perguntou o que era, e ele respondeu que era ele e seu irmão. Ela perguntou por que ele havia desenhado os dois iguais, do mesmo tamanho, idênticos, sendo que seu irmão era bebê e ele era grande. Ele respondeu que ele desenhou os dois iguais porque são irmãos, e irmãos são iguais. Porque para os pais os dois eram iguais, mesmo que o tamanho era diferente!
Nossa, a minha professora me contou isso tão encantada...achou a resposta dele muito inteligente...ela viu que ele conseguiu entender bem a mensagem que nós estamos passando pra eles, e o melhor de tudo é que ele traduziu isso em um desenho! Fiquei tão emocionada!! Me segurei pra não chorar ali na frente das minhas colegas!! Mas eu realmente fiquei tão feliz em ouvir aquilo! Eu fiquei tranquila em saber que estou passando essa mensagem claramente. Percebi que meu filho se sente seguro, ele sabe que amamos os dois igualmente, por isso se dá tão bem com o irmão, por isso não tem ciúme...ele recebe o amor que precisa, e isso basta. E vi que meu filho está cada vez mais inteligente e criativo...Além dele dar suas respostas inteligentes, ainda consegue expressar o que pensa em um desenho!
O Sr. A diz que vai ser artista quando crescer...e acho que vai ser mesmo! Tem um grande potencial!
Mas filho...pra mim VOCÊ já é uma obra de arte!


domingo, 9 de maio de 2010

Dia das mães!

As mães são as verdadeiras heroínas!

Elas não têm aqueles poderes fajutos dos desenhos animados...elas têm poderes muito mais importantes!
Elas possuem um tipo de raio laser que detecta quando seu filho está doente, mesmo antes de aparecer algum sintoma...
Elas possuem uma enzima ultra potente em seus lábios, que cura os machucados das crianças com apenas um beijo...
Elas possuem um radar de última geração que alerta se seus filhos estão aprontando alguma coisa , mesmo sem vê-los...
Elas possuem ondas mágicas de som em sua voz, que acalma qualquer choro com apenas um "calma, logo vai passar, mamãe tá aqui"...
Elas possuem braços elásticos que conseguem pegar e fazer mil coisas ao mesmo tempo...
Elas têm uma super visão, que enxerga tudo o que se passa ao redor, mesmo estando concentradas numa tarefa...
Essas são as super-mães, as heroínas da vida, que matam um leão por dia e ainda chegam em casa com um super bom humor e com muita energia, brincam, dão banho, colocam os filhos pra dormir e vão até altas horas trabalhando ainda... E tem umas ainda que até encontram tempo pra escrever blog! Hehehe...

Parabéns pra todas as mamães!

Quanto ao meu dia das mães, só posso dizer que nada é melhor que ter esses meninos lindos ao meu lado, cada dia ao lado deles é uma festa, hoje então foi mais especial ainda!
Já na sexta-feira comecei a me emocionar na escolinha do Sr. A, quando fui encontrá-lo para receber minha homenagem. Entrei na sala e ele abriu um sorriso imenso e lindo, que já fez sair uma lágrima do meu rosto. A escolinha dele é maravilhosa, e ao invés de fazer um programa pras mães onde as crianças tem que ficar decorando poesias ou cantando músicas, lá as mães foram pra brincar com seus filhos, pois pras crianças é isso o que importa. Me diverti todo o tempo com meu menino, conversei com as outras mães, conheci melhor seus coleguinhas, enfim, foi muito bom!
No final ganhei um super presente do meu filho artista, uma camiseta que ele pintou de giz de cera, com uma técnica de pintar na lixa e depois passar com o ferro sobre a camiseta. Ficou um presente maravilhoso, agora posso desfilar uma criação do meu pequeno artista!
Isso tudo me deixou muito feliz nesse dia das mães. O que realmente importa pra mim é receber um presente feito pelas mãozinhas lindas dos meus filhos. Eu nunca ganho presente comprado, o Tiago sabe disso, nessas datas é o Sr. A que faz meu presente. Eu não preciso de objetos e coisas materiais nesse dia, preciso de demonstrações de amor. As coisas materiais eu mesma compro, quando preciso, sapatos, vestidos, bolsas, etc. Isso é necessidade, coisa do dia-a-dia. Nas datas especiais eu fico esperando o que meu filhão fabricou com toda a sua criatividade! E na escolinha que ele estuda é isso mesmo o que eu recebo, ele nunca vem com aqueles cartões feitos com os moldes prontos das professoras, aqueles presentes que a gente sabe que a professora fez e eles só deram o toque final. Isso pra mim não significaria nada. Mas ver um desenho da mamãe de mãos dadas com o filhinho em uma camiseta...isso sim...não tem preço!!! E é disso que eu vou me lembrar quando for velhinha...e quando não tiver mais meus filhos em casa...


Olha ele todo orgulhoso trazendo seu presente pra mim:
Beijos!

sábado, 8 de maio de 2010

Mãe IMperfeita

Ainda no assunto de dia das mães, hoje quero falar sobre algo que tem me feito pensar um pouco nesses últimos dias.
Algumas pessoas falam que eu sou uma mãe perfeita, me elogiam bastante e tal... eu fico muito feliz quando falam isso, quando me elogiam pelo meu lado mãe, que considero ser o melhor de mim.
Mas aí comecei a pensar melhor sobre isso...sobre a palavra "PERFEITA". Perguntei "Como assim perfeita? Por quê perfeita? Só ser uma boa mãe não basta? Por quê tem gente que acha isso de mim, estou demonstrando isso?"
Gente, quero deixar bem claro aqui no blog, que não sou uma mãe perfeita, não!
Sou uma mãe feliz, sim. Mas perfeita, não!
Sou uma mulher como todas as outras. Daquelas que se irritam facilmente. Daquelas que sofrem por antecipação. Daquelas que perdem a paciência à toa. Daquelas que ficam alteradas quando estão em TPM...enfim, a lista de defeitos é imensa!
Não é meu objetivo transparecer aqui pelo blog que sou perfeita. Eu estaria enganando vocês, vivendo uma fantasia. Mas gente, por quê vou ficar escrevendo as coisas ruins da vida aqui no blog?? Meu blog não é meu diário. Lá eu escrevo meus desabafos, aqui não! Aqui eu registro nossas "aventuras", as coisas boas do cotidiano. E seria tão chato se eu ficasse aqui reclamando e preocupando vocês, né?
Então gostaria de pedir que não me interpretem mal. Não estou reclamando os elogios, mas não quero passar uma imagem errada. Sou uma mãe feliz, apaixonada pelos filhos. Mas também erro muito! Brigo bastante, tenho momentos de stress e decepciono meus meninos às vezes.
E eu quero deixar essa imagem aqui no blog: que não existe uma mãe perfeita, mas que todas devemos nos esforçar em nosso papel de mãe. Todas erramos, e quando o fazemos devemos pedir desculpa pros nossos filhos, devemos mostrar pra eles que erramos mas que nos arrependemos. Todo filho deve saber que a mãe também erra, que todas as pessoas erram, e devem aprender a lidar com os problemas, a assumir nossas faltas e pedir desculpa, e também perdoar os erros dos outros. Pois essa é a verdadeira educação. Se não eles vão crescer achando que o mundo é perfeito e não vão saber perdoar os outros nem assumir quando estiverem errados.
Bem, o post ficou enorme, mas eu precisava me justificar aqui. De agora em diante quero que vocês leiam as palavras da Nádia que não é perfeita, que é uma mulher comum, mas que escreve sobre coisas boas.
Beijos!

terça-feira, 4 de maio de 2010

Canção para Sr. A

Agora é a vez do Sr. A! Quero te agradecer, filho, por ter me chamado de mãe pela primeira vez. Meu dia das mães é o mais feliz do mundo com você e seu irmão! Te amo! Essa é nossa música:

Você é assim
Um sonho pra mim


E quando eu não te vejo
Eu penso em você
Desde o amanhecer
Até quando eu me deito

Eu gosto de você
E gosto de ficar com você


Meu riso é tão feliz contigo
O meu melhor amigo é o meu amor


E a gente canta
E a gente dança
E a gente não se cansa

De ser criança
Da gente brincar

Da nossa velha infância


Seus olhos meu clarão
Me guiam dentro da escuridão
Seus pés me abrem o caminho
Eu sigo e nunca me sinto só


Você é assim
Um sonho pra mim
Quero te encher de beijos 

Eu penso em você
Desde o amanhecer
Até quando eu me deito

Eu gosto de você
E gosto de ficar com você
Meu riso é tão feliz contigo

O meu melhor amigo é o meu amor!!

Canção para Sr. P

Continuando o clima de dia das mães, nesse post quero colocar uma música que acho linda, do Sergio Saas, especialmente pro meu filho Sr. P. Quando ouço essa música penso no meu marido lindinho ;) mas agora vi que ela combina pro meu bebezinho também!
Te amo, filho!


Quanto tempo eu esperei
Pra esse dia chegar

De tudo que eu conquistei
Só faltava você
Mas Deus me ajudou
E hoje eu posso te dizer
Como foi bom
Encontrar você!



Encontrar você
É tudo que eu queria pra mim
Poder te abraçar
E dizer o quanto eu te amo...
Encontrar você
É tudo o que eu queria pra mim
Poder te abraçar
E dizer o quanto eu te amo!

Encontrar você...

Poder te abraçar...

E dizer o quanto eu te amo!


domingo, 2 de maio de 2010

Dia das mães... e seus filhos

Tem clima de dia das mães por toda a parte... Nessa época do ano a mamãe Nádia aqui fica ainda mais emotiva! E num dia desses eu estava pensando sobre as homenagens de dia das mães, e cheguei à conclusão de que o mais importante nessa data não são as mães, e sim os filhos! Afinal, o que seria de uma mãe sem um? É porque temos os filhos que recebemos essa data especial.
E por quê tantos agradecimentos para nós? Nós apenas cumprimos nosso papel. Se temos filhos devemos agradecer, pois eles são bênçãos! Ser mãe não é uma tarefa árdua a ser cumprida... ser mãe é uma alegria!!!
Os filhos são a parte mais gostosa da minha vida! Não é nenhum pesar criar vocês dois, meus amores! Vocês não tem nada que agradecer, eu é que agradeço por vocês existirem!
Agradeço a Deus por ter confiado esse papel a mim. Eu nem mereço tanto, Ele me deu dois meninos perfeitos! Não me dão trabalho nenhum, só alegria! Assim fica fácil pra qualquer mãe...Obrigada, Jesus!
Agradeço ao Sr. A e Sr. P por serem tão bons pra mim, meus companheiros, meus amiguinhos...Agradeço por tanto carinho, tanto amor...Vocês cuidam muito bem de mim, meus anjinhos!
Eu sou o que sou por vocês, meus filhos. Vocês nasceram e me trouxeram uma vida nova. Por vocês eu me levanto a cada dia. Por vocês eu estudo e luto por um futuro promissor. Por vocês eu faço planos, tenho sonhos...por vocês eu tenho essa família linda! E por vocês eu me ajoelho e oro todas as noites.
Que Deus maravilhoso é esse, gente?! Que tem planos tão sublimes pra vida de uma mulher! Há pouco tempo atrás eu era tão vazia, perto do que sou hoje! Quando me imaginava mãe não pensava que seria tão maravilhoso assim!
OBRIGADA, Sr. A e Sr. P!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...